Fiz uma seleção de 5 filmes que com certeza você já ouviu falar ou já viu as cenas em alguns lugares, são filmes antigos mas são clássicos que nunca serão velhos e serão lembrados em todas as gerações. Então vamos nos “atualizar” assistindo essas obras do cinema.

Grease (1978)

Na Califórnia na década de 50, Danny (John Travolta) e Sandy (Olivia Newton-John), um casal de estudantes, trocam juras de amor mas se separam, pois ela voltará para a Austrália. Entretanto, os planos mudam e Sandy por acaso se matricula na escola de Danny. Para fazer gênero ele infantilmente lhe dá uma esnobada, mas os dois continuam apaixonados, apesar do relacionamento ter ficado em crise. O filme tem ótimas roupas e penteados da época.

Bonequinha de Luxo (1961)

Holly Golightly (Audrey Hepburn) é uma garota de programa nova-iorquina que está decidida a casar-se com um milionário. Perdida entre a inocência, ambição e futilidade, ela toma seus cafés da manhã em frente à famosa joalheria Tiffany`s, na intenção de fugir dos problemas. Seus planos mudam quando conhece Paul Varjak (George Peppard), um jovem escritor bancado pela amante que se torna seu vizinho, com quem se envolve. Apesar do interesse em Paul, Holly reluta em se entregar a um amor que contraria seus objetivos de tornar-se rica.

O Pecado Mora ao Lado (1955)

Com a viagem da mulher e do filho durante as férias, o editor de livros Richard Sherman (Tom Ewell) se aproxima de sua nova vizinha, uma linda jovem que sonha em ser atriz (Marilyn Monroe). A possibilidade de se tornar infiel acaba deixando Richard paranoico.

Cantando na Chuva (1952)

Don Lockwood (Gene Kelly) dançarino e ator, galã dos filmes de romance mudo, o ídolo das matinês. Mas, na vida real, seu relacionamento com a atriz com a qual contracena, Lina Lamont (Jean Hagen) não vai bem. Ele prefere a companhia da aspirante à atriz Kathy Selden (Debbie Reynolds), que conheceu enquanto escapava de suas fãs. Mas uma novidade no mundo do cinema chega para mudar totalmente a situação de ambos no mundo da fama: o cinema falado, que logo se torna a nova moda entre os espectadores. Decidido a produzir um filme falado com o casal mais famoso do momento, Don e Lina precisam entretanto superar as dificuldades do novo método de se fazer cinema, para conseguir manter a fama conquistada.

O Poderoso Chefão (1972)

Na saga da família Don Vito Corleone (Marlon Brando), italianos mafiosos lutam pelo controle do crime organizado e a sobrevivência de seus negócios. O Poderoso Chefão é um violento e arrepiante retrato da luta da família siciliana para permanecer no poder, numa corrupta, enganosa e traiçoeira América pós-guerra.

O que achou da lista? Aposto que você já ouviu falar dessas obras.

Então prepara a pipoca e abre o Netflix.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *